MINHAS CONTAS

Book about friendship and religious tolerance

Minhas Contas
Finalista do prêmio Jabuti em 2009, categoria ilustração infantil.
 
Texto de Luis Antonio
Edição de Augusto Massi e Isabel Lopes Coelho
Educar uma criança é passar informações sem julgamento e deixar que elas, com o tempo, decidam por si. A tolerância religiosa é ainda uma questão forte. E mesmo acreditando que vivemos em um lugar onde as pessoas respeitam as escolhas individuais, não é bem assim que funciona. No livro Minhas Contas, os autores retratam uma amizade interrompida justamente por isso.

O garoto Pedro é proibido de ser amigo de Nei porque a religião dele é o candomblé.

Guiado pelo preconceito, o livro logo se transforma numa prosa em que os elementos da natureza se destacam para dar voz aos deuses do candomblé, transformando em lição uma ideia equivocada.

Através da amizade não desejada, o garoto Nei consegue mostrar para a mãe de Pedro que, diferente do que muitos pensam, o candomblé prega o bem e o amor à natureza.

Com grafismos e pequenos símbolos, as páginas se desenrolam numa aventura poética e visual num tema repleto de cores e significados. No final, um glossário explica alguns orixás do candomblé, ilustrados de forma contemporânea pelo artista.

Minhas Contas / 2008 / Editora Cosac Naify / ISBN 978-85-7503-731-7

You may also like

BLOWN COVERS
2016
Le Monde Diplomatique Brasil
2016
Creatures
2016
Coletivos on the table
2016
Jamboree Brasil Café
2016
THE SUPER PALITO
2016
SURFANDO NA MARQUISE
2016
Le Monde Diplomatique Brasil
2016
APP's Paladar Estadão
2016
CONTESTS
2016
Back to Top